• Jorge Bernardes

5 perguntas importantes sobre álbuns de casamento


Muitos noivos começam a pensar na questão dos álbuns de casamento quando se encontram com o primeiro fotógrafo durante o processo de escolha do profissional a contratar e começam a ver alguns exemplos.


Nessa altura começam a surgir perguntas, às quais eu vou responder, para vos ajudar a tomar a decisão.


1. O que são álbuns digitais?


Já muitas vezes me perguntaram se os álbuns digitais não são impressos. São sim! O nome digital vem do facto de o design do álbum ser preparado digitalmente e as fotos são impressas directamente nas folhas do álbum durante o processo de fabrico. Daí a diferença dos álbuns tradicionais em que as fotos são impressas individualmente e depois encaixadas ou coladas nas folhas de um álbum.

Hoje em dia a maior parte dos fotógrafos cria os álbuns digitais visto que são mais duradouros e mais simples de criar. É possível que encontrem ainda quem faça álbuns tradicionais bem bonitos, mas o investimento de tempo é sem dúvida maior e portanto o preço dos mesmos provavelmente também será.


2. Quanto custam os álbuns?


Ao falarem com vários fotógrafos vão perceber que existem várias formas de apresentar os valores aos noivos. Há fotógrafos que têm algumas das opções de serviço com o álbum incluído e algumas sem e outros que têm um valor para os serviços e valores à parte para os álbuns.

Independentemente de como o valor é apresentado, é certo que ele pode variar bastante. Para comparar interessa considerar o tamanho dos álbuns e número de folhas, se há caixa e/ou réplicas (ou "álbuns dos pais") incluídas no conjunto.

Há também fotógrafos que apresentam álbuns impressos em papéis fine-art, que possibilitam impressões fantásticas, mas que requerem mais alguns cuidados no manuseamento.

É possível escolher materiais e cores diferentes, alguns com foto na capa outros sem, ou seja, muitas opções para ficarem ajustados ao gosto dos noivos.


3. Quem escolhe as fotos para o álbum?


Este é mais um campo em que há várias formas de trabalhar. Há fotógrafos que deixam essa tarefa para os noivos mas eu pessoalmente prefiro poupar esse trabalho aos noivos e dar-lhes a opção de fazer ajustes, que é o que muitos colegas fazem também. Ou seja, o fotógrafo, habituado a ter que escolher fotos, faz mais rapidamente a escolha das fotos essenciais para contar a história do dia no vosso álbum e prepara o design. A partir dessa primeira versão fazem-se revisões e alterações, quer seja das fotos incluídas e/ou disposição das mesmas, de forma a garantir que os noivos têm no álbum as fotos que acham mais importantes e que gostam mais.

Há quem faça este processo por email, ou pessoalmente com uma visita ao estúdio, eu pessoalmente faço-o online através de uma plataforma que facilita o processo de feedback. Assim os noivos podem ver o seu álbum folha a folha e fazer os comentários que quiserem, eu recebo-os no meu programa e consigo fazer as alterações rapidamente.


4. Quanto tempo demoram os álbuns para estarem prontos?


Aqui pode haver prazos muito diferentes dependendo da forma de trabalhar de cada fotógrafo. Pessoalmente eu costumo enviar o design do álbum aos noivos cerca de duas semanas depois de receberem a galeria das fotos. Assim têm tempo de ver todas as fotos e depois quando estiverem a ver o álbum conseguem perceber se lhes falta alguma das suas favoritas e dar esse feedback. É claro que o tempo que o processo demora também depende dos noivos nesta parte mas já tive noivos bastante rápidos cujo álbum estava a ser produzido um mês depois do casamento. :)


5. Será que vale a pena ter álbuns?


Num mundo cada vez mais governado por ecrãs eu acho que cada vez mais os álbuns fazem a diferença.

É claro que é um investimento extra, mas na minha opinião é um investimento que se converte em proximidade com aqueles que mais gostamos.

Comparem o que possivelmente vão investir em álbuns com o que será gasto noutros aspectos do vosso casamento. É certo que tudo aquilo em que investirem para o vosso dia terá como objectivo fazer-vos mais felizes no dia do casamento, mas as vossas fotografias e os vossos álbuns podem fazer-vos felizes muitas dias depois do casamento.

Quem é que não gosta de se imaginar no sofá com a sua cara-metade, com a família e quem sabe até com os filhos, de álbum no colo a reviver o dia através das fotos?

Já para não falar que é algo físico que fica convosco, não vá acontecer alguma desgraça com o digital (que eu recomendo que tenham sempre mais que uma cópia), e que se converte numa jóia de família, porque marca o dia do começo da vossa.


Espero que estes tópicos vos ajudem na vossa decisão! :)



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo